Um panorama do que está rolando pelo mundo afora no que tange aos programas de voluntariado empresarial foi o tema do último encontro do Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial- GEVE, que aconteceu em 7 de agosto em São Paulo.
A Conexão Trabalho parceira do GEVE atuando no comitê organizador, foi conferir o evento que contou com a palestra da Claudia Sintoni especialista em Mobilização Social no Itaú Social com mais de 20 anos de atuação. Claudia trouxe um panorama do voluntariado no mundo a partir da pesquisa mais recente desenvolvida pela Fundação Itaú Social com 47 empresas sediadas em 4 continentes.
Segundo o estudo chamado “Voluntariado Corporativo no Mundo” os trabalhadores de hoje são menos estáveis nos empregos, mais diversificados em seus conhecimentos e mais expertos em tecnologia que seus predecessores. Eles também estão trabalhando em uma era de maior incerteza, à medida que toda a indústria está sendo transformada pela tecnologia e pela globalização.

O estudo aponta que cerca de cinco a seis anos atrás, as empresas estavam muito preocupadas em alinhar suas ações voluntárias com os objetivos de negócios. Hoje em dia estão mais preocupadas com os impactos internos na empresa e com a aquisição das habilidades de seus funcionários. Surge a importância da colaboração com os programas de várias empresas em ações locais conjuntas. Empresas querem fazer ações que agreguem valor, que deixem de ser atos únicos e que gerem mudanças contínuas.

Após a apresentação com os principais resultados da pesquisa, o encontro contou com um rico debate baseado em uma pesquisa feita na hora com os participantes sobre as tendências e as dificuldades de seus programas de voluntariado empresarial.

Quer saber mais?
Acesse a página do GEVE para obter o conteúdo completo da apresentação em: https://voluntariadoempresarial.org.br