Conexão Trabalho publica artigo na Revista Página 22 da FGV.

Quem faz trabalho voluntário tem consciência de que não consegue resolver todos os problemas, mas pode fazer muita diferença para um determinado grupo. É essa visão – de que vale a pena se aproximar de quem é diferente, de se importar com o outro –, que faz o voluntário ser cada vez mais valorizado pelas organizações. Nesse sentido, quando o voluntariado e a diversidade andam juntos existe uma relação de ganha-ganha para os envolvidos e para toda sociedade.

Com essa união, o voluntariado tende a ser executado com maior determinação, enquanto a diversidade se fortalece tanto de forma transversal – por exemplo, na defesa de valores abrangentes atrelados a Direitos Humanos e tolerância –,  quanto direcionada a públicos específicos como LGBTQI e refugiados, e questões de etnia, gênero e outras.

Vivenciar a diversidade é uma consequência do trabalho voluntário e também uma oportunidade para as empresas qualificarem e potencializarem seus projetos.

Clica no link e leia a matéria completa!

O que a diversidade e o voluntariado ganham ao andar juntos?